Gestão Avançar na Luta

REDES SOCIAIS

17 de Dezembro de 2017 | Domingo

Paralisação na DAT Sul é um sucesso e luta dos fazendários continua


Compartilhe

Boletim 1622 - Salvador, 27 de novembro de 2017  

Os fazendários da DAT Sul realizam nesta segunda (27) mais um movimento forte, iniciando com louvor a paralisação de 48 horas em todos os postos fiscais, SACs e inspetorias dessa Diretoria. É a sequência do calendário de mobilização aprovado na assembleia de 26/10, iniciado na DAT Norte nos dias 06 e 07 de novembro e que prosseguirá na semana que vem, dias 12 e 13 de dezembro, na DAT Metro.

Estão parados todos os postos fiscais - Jaime Baleeiro (Urandi-Divisa BA-MG), Benito Gama (Vitória da Conquista), Bahia-Goiás (BR 020/Km 314-Correntina), Eduardo Freire (Mucuri-Divisa BA/ES), Alberto Santana (Argolo-Divisa BA/MG) e Bahia-Piauí (Formosa do Rio Preto) – e os SACs e postos de atendimento em Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Brumado, Eunápolis, Guanambi, Ilhéus, Itabuna, Itamaraju, Itapetinga, Jequié, Luís Eduardo Magalhães, Porto Seguro, Santa Maria da Vitória, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

O clima entre os fazendários é de determinação para continuar lutando, inclusive com amplificação do grau e da medida das mobilizações. Lamentavelmente o governo ainda não chamou a categoria para negociar, o Gabinete tem preferido o silêncio enquanto aumentam os problemas na Sefaz. O resultado disso é que todo mundo perde: Estado, servidores, baianos.

 

O momento é, pois, de continuar firme e executar o calendário de lutas. Além de preparar a paralisação na DAT Metro, nos próximos dias, o Sindsefaz inicia novas ações de mídia, dessa vez divulgando os números e a realidade da Secretaria da Fazenda, para total conhecimento dos baianos. É hora de a Bahia saber que o oásis de competência e eficiência na gestão tributária e fiscal, vendidos através de matérias amigas em veículos financiados pela propaganda oficial, só existe no devaneio.

A luta continua pela mudança na GDF dos técnicos, concurso público, correção da indenização de transporte e mudança no valor do ponto.