Gestão Avançar na Luta

REDES SOCIAIS

25 de Junho de 2018 | Segunda-feira

Jaime Cunha, ex-fazendário, estreia como cineasta com projeto de curta


Compartilhe

Boletim 1717 - Salvador, 06 de junho de 2018

Jaime Cunha foi fazendário e um dos fundadores do Sindsefaz. É advogado, ator e cineasta, agora está empenhado no projeto de filmagem do curta metragem “RECUO”. Um filme que apresenta um grupo de jovens militantes do enfrentamento à ditadura militar em um dos momentos mais difíceis daqueles anos de cumbo, quando ja tinham sido eliminados ou presos os mais importantes líderes da esquerda brasileira.

Serão 12 minutos de ficção que apresenta elementos de uma história a semelhança da vivida por muitos jovens à época da ditadura civil/militar no Brasil, que levará o espectador a uma reflexão sobre aquele momento histórico de repressão e cerceamento das liberdades democráticas.

A juventude atual e as gerações contemporâneas daqueles anos de chumbo, terão um material de análise da tensão e desconforto social vividos sob o regime ditatorial que durou mais de vinte anos, vitimando pessoas, famílias, a economia e o tecido social brasileiro.

Para fazer o filme "RECUO" vamos precisar de grana para pagar aluguel de equipamentos como câmera, luz, som, veículos e fazer plotagens, locações, pagar técnicos e cachê de atores, figurinos, além despesas geradas no set de filmagem, por isso, através da plataforma Kicante nós estamos solicitando a sua colaboração. É só abrir o site e escolher qual o valor da contribuição que ficaremos muito gratos e você estará dando uma importante contribuição ao cinema.

Clique aqui e contribua com o projeto.


Sugestões de leitura

Artigos


Floriano Sá Neto - Nosso problemático sistema tributário: um olhar sobre o IRPF



Leia mais

Entrevistas


Joaquim Amaral explica execução de quatro processos judiciais



Leia mais